Internação

A metodologia adotada e os critérios para internação do residente estão de acordo com o Regimento Interno da Comunidade Vida Nova:
I – Pessoas que sejam realmente dependentes de substâncias psicoativas (bebidas alcoólicas, cocaína, maconha, alucinógenos, psicotrópicos e outros), que demonstre total interesse em recuperação e um ardente desejo de mudar de vida;
II – Que estejam dispostos a se submeter a todas as normas do Regimento Interno, que serão lidas para o mesmo antes da internação;
III – Que não estejam sobre efeito de nenhuma substância psicoativa no momento da internação, para isso serão observadas as instruções do Termo de Convênio e Internação.
Primeiramente é feita uma entrevista de triagem com o individuo e/ou com sua família para, a partir desta, realizar o procedimento de ingresso e formalização do contrato a partir da assinatura dos termos de compromisso e responsabilidade da Comunidade Vida Nova. O residente, já interno, passa por uma avaliação psicológica inicial, que tem como objetivo a analise de suas características pessoais, sua historia de vida, o motivo do envolvimento com substâncias psicoativas, e verificar se o individuo encontra-se apto a iniciar as atividades de recuperação segundo os critérios de elegibilidade para adesão e manutenção do tratamento propostos pela RDC-101/2001.
Logo após a consulta individual com o psicólogo, a assistente social fará um trabalho de avaliação do residente, juntamente com sua família, para o encaminhamento do mesmo a um posto de saúde para uma consulta medica.

IMG_1086